- A informação que gera opinião!

Plenário reconhece santuário em Ituporanga como ponto turístico

Santuário Nossa Senhora de Lourdes e do Louvor está em fase de construção.

Por Redação

11 de agosto de 2021

às 10:40

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 O Plenário da Assembleia Legislativa de Santa Catarina aprovou por unanimidade, na sessão ordinária desta terça-feira (10), o projeto de lei (PL) que reconhece o Santuário Nossa Senhora de Lourdes e do Louvor, em Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí, como ponto turístico religioso do estado. A iniciativa consta no PL 154/2021, de autoria do deputado Milton Hobus (PSD).

 O santuário ainda está em construção. Segundo Hobus, quando estiver concluído, deverá atrair visitantes de todo o país. A imagem da santa terá 40 metros de altura e será uma das mais altas do Brasil. Também está prevista a construção de uma cruz de 90 metros de altura, que será a mais alta do continente.

 “Vai mudar a história da cidade de Ituporanga. É um grande investimento que está sendo feito pelo empresário Silvio Prim, que deve transformar o turismo religioso na região do Alto Vale”, disse o deputado.

 A votação foi acompanhada pelo prefeito de Ituporanga, Gervásio Maciel. O PL foi elogiado por representantes de várias bancadas da Alesc. “Será mais um ponto de peregrinação em Santa Catarina, com um impacto social e econômico muito forte na região”, comentou o deputado José Milton Scheffer (PP).

 O PL 154/2021 segue para votação da Redação Final, prevista para esta quarta-feira (11), antes de ser encaminhada para análise do governador.

 Fonte: ALESC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas notícias

O nome legal para condomínios que tenham, ao mesmo tempo, área privativa do morador ou compartilhada com demais moradores, é "condomínio edilício". O relator foi o senador Mecias de Jesus.
As regras para contratações temporárias e os instrumentos de cooperação com a iniciativa privada estão entre os pontos mais criticados pela oposição.
Política estadual estabelece metas para a produção de orgânicos, inclusive na área urbana.